Controle de alerg%c3%aanicos 400x400
Banner controle de alerg%c3%aanicos

Controle de Alergênicos

R$ 200,00
R$ 150,00

Controle de Alergênicos

R$ 200,00
R$ 150,00
schedule
2 horas e 30 minutos
school
Certificado
ondemand_video
7 vídeos
check_circle
7 provas
insert_drive_file
4 textos
Categoria: Segurança dos Alimentos

Tempo de Acesso: 60 Dias.

A ingestão de alimentos alergênicos pode causar sérios danos aos seres humanos, desta forma, é extremamente importante que as organizações demonstrem comprometimento com os consumidores por meio de uma sistemática de controle de alimentos alergênicos em seus produtos. Nosso treinamento tem como foco apresentar os principais conceitos envolvidos neste tema e medidas de controle disponíveis para minimizar os riscos.

O que você vai aprender
  • 1. Controle de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte I
  • 1.1. Objetivo principal
  • 1.2. Alergia Alimentar
  • 1.3. Programa de Controle
  • 1.4. Dados Brasil
  • 1.4. Dados EUA
  • 1.5. Tipos de Alergias
  • 1.6. ASBAI - Associação Brasileira de Alergia e Imunologia
  • 1.7. O que é Alergia Alimentar?
  • 1.8. O que é Reação Adversa a Alimentos?
  • 1.9. Intolerância à Lactose.
  • 1.10. Prevalência da Alergia Alimentar.
  • 1.11. Fatores Envolvidos.
  • 1.12. Quais Alimentos Envolvidos na Alergia Alimentar?
  • 1.13. Reações Cruzadas.
  • 2. Controle de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte II
  • 2.1. Corantes e Aditivos.
  • 2.2. Manifestações Clínicas.
  • 2.3. Reação Anafilática.
  • 2.4. Síndrome da Alergia Oral.
  • 2.5. Diagnóstico de Alergia Alimentar.
  • 2.6. Dermatite Atópica.
  • 2.7. Teste Alérgico.
  • 2.8. Reação Positiva.
  • 2.9. Tratamento.
  • 2.10. Ingestão Acidental.
  • 2.11. Alergia Alimentar x Cura.
  • 2.12. Recomendações.
  • 2.13. Prevenção.
  • 3. Gerenciamento de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte I.
  • 3.1. Choque Anafilático.
  • 3.2. Angioedema e Urticária.
  • 3.3. Reações Alérgicas.
  • 3.4. RDC 26/2015.
  • 3.5. Intolerância à Lactose.
  • 3.6. Alérgeno Alimentar.
  • 3.7. Reflexão...
  • 3.8. Importância dos Alimentos Alergênicos.
  • 3.9. Âmbito Internacional.
  • 3.10. Alergênicos Brasil
  • 3.11. Alergênicos Codex, FDA e CE.
  • 3.12. Importância da Avaliação.
  • 4 - Gerenciamento de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte II.
  • 4.1. Alergênicos x Indústria de Alimentos.
  • 4.2. Controle de Alergênicos.
  • 4.3. EUA: Dados de Recall.
  • 4.4. Alergênicos não Declarados.
  • 4.5. Categorias mais Envolvidas.
  • 4.6. Apontamento do Alérgeno Sulfito.
  • 4.7. FDA.
  • 4.8. Danos para a Indústria.
  • 4.9. Recall.
  • 4.10. Contaminação Cruzada.
  • 4.11. Utensílios de Uso Comum.
  • 4.12. Fracionamento.
  • 4.13. Manipulação de Alimentos.
  • 4.14. Armazenamento.
  • 4.15. Alergênicos Não-Declarados.
  • 5 - Gerenciamento de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte III.
  • 5.1. Etapas.
  • 5.2. Primeira Etapa.
  • 5.3. Segunda Etapa.
  • 5.4. Primeira Orientação.
  • 5.5. Segunda Orientação.
  • 5.6. Terceira Orientação.
  • 5.7. Quarta Orientação.
  • 5.8. Dificuldades.
  • 5.9. Procedimentos.
  • 5.10. Quinta Orientação.
  • 5.11. Validação de Limpeza.
  • 5.12. Sexta Orientação.
  • 6 - Gerenciamento de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte IV.
  • 6.1. Sétima Orientação.
  • 6.2. Oitava Orientação.
  • 6.3. Terceira Etapa.
  • 6.4. Quarta Etapa.
  • 6.5. Quinta Etapa.
  • 7 - Gerenciamento de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte V (Última).
  • 7.1. Fração Alergênica dos Alimentos.
  • 7.2. ELISA.
  • 7.3. Espectrometria de Massas.
  • 7.4. PCR.
  • 7.5. SWAB.
  • 7.6. Glúten.
  • 7.7. Rotulagem.
  • 7.8. RDC 135 e RDC 136/2017.
  • 7.9. Importante."
Objetivo

O presente curso, tem por objetivo a capacitação do aluno para atuar na gestão e controle técnico de Alimentos Alergênicos.

Público alvo

Auditores internos, auditores externos, profissionais das áreas de: Zootecnia, Medicina Veterinária, Agronomia, Engenharia de Produção, Engenharia Química, Química, Biologia, Processos Industriais, Gestão de Qualidade e demais áreas correlatas.

Metodologia

Aula teórica baseada em legislação vigente (vídeoaula) e exercícios para fixação de conceitos.

Certificado

Há certificado digital incluso.

Deise Tanaka Bassetto

Professora da Train To Comply Brasil, Mestre em Ciência dos Alimentos e graduada em Nutrição pela UNESP.

Possui experiência em Sistema de Gestão de Qualidade há mais de 17 anos. Realizou trabalhos de pesquisa científica em desenvolvimento de ensaios analíticos, microbiologia de alimentos, análise sensorial, alimentos funcionais e fitoterápicos. Auditora BRC Global Standard for Food, IFS Food e Sistema de Gestão da Qualidade – ABNT NBR ISO 9001:2015. É auditora da certificadora WQS Brasil e consultora de Sistema de Gestão e Segurança de Alimentos. Atuou nos setores de P&D e Qualidade em empresa do segmento alimentício, além de possuir conhecimento para implantação, auditoria (interna e em fornecedores) e treinamentos referentes a: Boas Práticas de Fabricação, APPCC/HACCP, FSSC 22000, ISO 9001, BRC Food e IFS Food.

Descrição do curso
Categoria: Segurança dos Alimentos

Tempo de Acesso: 60 Dias.

A ingestão de alimentos alergênicos pode causar sérios danos aos seres humanos, desta forma, é extremamente importante que as organizações demonstrem comprometimento com os consumidores por meio de uma sistemática de controle de alimentos alergênicos em seus produtos. Nosso treinamento tem como foco apresentar os principais conceitos envolvidos neste tema e medidas de controle disponíveis para minimizar os riscos.

O que você vai aprender
  • 1. Controle de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte I
  • 1.1. Objetivo principal
  • 1.2. Alergia Alimentar
  • 1.3. Programa de Controle
  • 1.4. Dados Brasil
  • 1.4. Dados EUA
  • 1.5. Tipos de Alergias
  • 1.6. ASBAI - Associação Brasileira de Alergia e Imunologia
  • 1.7. O que é Alergia Alimentar?
  • 1.8. O que é Reação Adversa a Alimentos?
  • 1.9. Intolerância à Lactose.
  • 1.10. Prevalência da Alergia Alimentar.
  • 1.11. Fatores Envolvidos.
  • 1.12. Quais Alimentos Envolvidos na Alergia Alimentar?
  • 1.13. Reações Cruzadas.
  • 2. Controle de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte II
  • 2.1. Corantes e Aditivos.
  • 2.2. Manifestações Clínicas.
  • 2.3. Reação Anafilática.
  • 2.4. Síndrome da Alergia Oral.
  • 2.5. Diagnóstico de Alergia Alimentar.
  • 2.6. Dermatite Atópica.
  • 2.7. Teste Alérgico.
  • 2.8. Reação Positiva.
  • 2.9. Tratamento.
  • 2.10. Ingestão Acidental.
  • 2.11. Alergia Alimentar x Cura.
  • 2.12. Recomendações.
  • 2.13. Prevenção.
  • 3. Gerenciamento de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte I.
  • 3.1. Choque Anafilático.
  • 3.2. Angioedema e Urticária.
  • 3.3. Reações Alérgicas.
  • 3.4. RDC 26/2015.
  • 3.5. Intolerância à Lactose.
  • 3.6. Alérgeno Alimentar.
  • 3.7. Reflexão...
  • 3.8. Importância dos Alimentos Alergênicos.
  • 3.9. Âmbito Internacional.
  • 3.10. Alergênicos Brasil
  • 3.11. Alergênicos Codex, FDA e CE.
  • 3.12. Importância da Avaliação.
  • 4 - Gerenciamento de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte II.
  • 4.1. Alergênicos x Indústria de Alimentos.
  • 4.2. Controle de Alergênicos.
  • 4.3. EUA: Dados de Recall.
  • 4.4. Alergênicos não Declarados.
  • 4.5. Categorias mais Envolvidas.
  • 4.6. Apontamento do Alérgeno Sulfito.
  • 4.7. FDA.
  • 4.8. Danos para a Indústria.
  • 4.9. Recall.
  • 4.10. Contaminação Cruzada.
  • 4.11. Utensílios de Uso Comum.
  • 4.12. Fracionamento.
  • 4.13. Manipulação de Alimentos.
  • 4.14. Armazenamento.
  • 4.15. Alergênicos Não-Declarados.
  • 5 - Gerenciamento de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte III.
  • 5.1. Etapas.
  • 5.2. Primeira Etapa.
  • 5.3. Segunda Etapa.
  • 5.4. Primeira Orientação.
  • 5.5. Segunda Orientação.
  • 5.6. Terceira Orientação.
  • 5.7. Quarta Orientação.
  • 5.8. Dificuldades.
  • 5.9. Procedimentos.
  • 5.10. Quinta Orientação.
  • 5.11. Validação de Limpeza.
  • 5.12. Sexta Orientação.
  • 6 - Gerenciamento de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte IV.
  • 6.1. Sétima Orientação.
  • 6.2. Oitava Orientação.
  • 6.3. Terceira Etapa.
  • 6.4. Quarta Etapa.
  • 6.5. Quinta Etapa.
  • 7 - Gerenciamento de Alergênicos na Indústria de Alimentos - parte V (Última).
  • 7.1. Fração Alergênica dos Alimentos.
  • 7.2. ELISA.
  • 7.3. Espectrometria de Massas.
  • 7.4. PCR.
  • 7.5. SWAB.
  • 7.6. Glúten.
  • 7.7. Rotulagem.
  • 7.8. RDC 135 e RDC 136/2017.
  • 7.9. Importante."
Informações gerais
Objetivo

O presente curso, tem por objetivo a capacitação do aluno para atuar na gestão e controle técnico de Alimentos Alergênicos.

Público alvo

Auditores internos, auditores externos, profissionais das áreas de: Zootecnia, Medicina Veterinária, Agronomia, Engenharia de Produção, Engenharia Química, Química, Biologia, Processos Industriais, Gestão de Qualidade e demais áreas correlatas.

Metodologia

Aula teórica baseada em legislação vigente (vídeoaula) e exercícios para fixação de conceitos.

Certificado

Há certificado digital incluso.

Professores

Deise Tanaka Bassetto

Professora da Train To Comply Brasil, Mestre em Ciência dos Alimentos e graduada em Nutrição pela UNESP.

Possui experiência em Sistema de Gestão de Qualidade há mais de 17 anos. Realizou trabalhos de pesquisa científica em desenvolvimento de ensaios analíticos, microbiologia de alimentos, análise sensorial, alimentos funcionais e fitoterápicos. Auditora BRC Global Standard for Food, IFS Food e Sistema de Gestão da Qualidade – ABNT NBR ISO 9001:2015. É auditora da certificadora WQS Brasil e consultora de Sistema de Gestão e Segurança de Alimentos. Atuou nos setores de P&D e Qualidade em empresa do segmento alimentício, além de possuir conhecimento para implantação, auditoria (interna e em fornecedores) e treinamentos referentes a: Boas Práticas de Fabricação, APPCC/HACCP, FSSC 22000, ISO 9001, BRC Food e IFS Food.

Comece agora

R$ 200,00 R$ 150,00